PROPOSIÇÃO DE UM SISTEMA DE COMPOSTAGEM PARA O REAPROVEITAMENTO DOS RESÍDUOS SÓLIDOS ORGÂNICOS GERADOS EM UMA INSTITUIÇÃO FEDERAL DE ENSINO

Autores

  • Sabrina Rodrigues Sousa Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul – IFRS
  • Naiara Tagliani Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul – IFRS
  • Maria Tereza Bolzon Soster Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul – IFRS
  • Andressa Basso de Oliveira Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul – IFRS

Palavras-chave:

gerenciamento de resíduos; valorização de resíduos sólidos orgânicos; decomposição aeróbica.

Resumo

A geração elevada de resíduos sólidos constitui um dos grandes problemas enfrentados pela sociedade atual, pois quando destinados incorretamente, eles podem causar impactos negativos sobre o meio ambiente. Os resíduos sólidos orgânicos – RSO correspondem a cerca de 50% do total de resíduos urbanos, podendo ser valorizados quando descartados adequadamente. A compostagem, que representa a decomposição controlada da matéria orgânica pela ação de microrganismos, é uma alternativa ambientalmente correta para o tratamento de RSO, sendo de baixo custo e alta eficiência. Assim, este estudo teve como objetivo propor um sistema de compostagem para tratar os RSO gerados no restaurante de uma instituição federal de ensino. Para isto, foi realizada uma revisão bibliográfica para se entender os parâmetros da compostagem e como ela poderia ser implementada, atendendo às particularidades da instituição. Uma pesquisa de campo também foi conduzida, visitando-se outros setores do câmpus, com a finalidade de se obter dados referentes aos RSO gerados nas demais atividades da instituição, bem como sobre a destinação atualmente empregada. Após este levantamento, três diferentes sistemas de compostagem foram propostos, sendo eles: i) compostagem realizada em leiras; ii) em composteiras produzidas a partir de pallets de madeira; e iii) vermicompostagem. Dos cenários analisados, o sistema de compostagem em leiras mostrou-se mais viável. Com este estudo, foi possível demonstrar que a implementação da compostagem neste câmpus ajudaria a instituição a adequar-se ambientalmente, atendendo a legislação vigente, e valorizaria os resíduos que, na forma de composto estabilizado, poderiam ser reaproveitados como complemento nutricional do solo no local.

Downloads

Publicado

07-08-2021