IMPACTOS AMBIENTAIS DO FAST FASHION: O LIXÃO TÊXTIL INTERNACIONAL DO ATACAMA – CHILE

Autores

  • Mila Fonteles Barbosa Ferreira Costa Universidade de Brasília
  • Izabel Cristina Bruno Bacellar Zaneti Universidade de Brasília

Palavras-chave:

Lixo têxtil do fast fashion; Atacama; Sustentabilidade

Resumo

O fenômeno da democratização da moda tem alimentado uma cadeia de consumo insustentável, que acaba por se transformar em lixo, em curto espaço de tempo. Esse mesmo lixo, de difícil reciclagem pelos altos custos e materiais sintéticos, causa prejuízos ambientais e sociais. O deserto do Atacama, no Chile, abriga um cemitério de roupas a céu aberto, consequência da atividade da Zona Franca do porto de Iquique. O presente estudo tem como objetivo identificar os principais fatores que contribuem para que o deserto do Atacama, no Chile, abrigue um dos maiores lixões têxteis do planeta. Os objetivos específicos são: apresentar os processos comerciais que deixam resíduos têxteis no porto de Iquique e os motivos que levam a gestão local à não destinação dos resíduos têxteis para processos de reciclagem; relatar os principais impactos ambientais causados pelo lixão têxtil do Atacama, no Chile. Os procedimentos metodológicos utilizados foram as revisões bibliográficas e de literatura, com análise de conteúdo sob o viés qualitativo e criação de inforgráfico para maior compreensão dos processos alinhados à constituição do lixão têxtil do Atacama. Concluise que a falta de legislação apropriada e de fiscalização das autoridades vinculadas ao meio ambiente contribuem para a insustentabilidade desta situação no Chile.

Downloads

Publicado

12-07-2023