PERCEPÇÃO DE FORNECEDORES DA ÁREA DE TRANSPORTE QUANTO À DENSIDADE APARENTE DOS RESÍDUOS DA CONSTRUÇÃO CIVIL

Autores

  • Frank Kiyoshi Hasse Universidade Tecnológica Federal do Paraná
  • Anelise Schmitz Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Universidade Federal do Paraná
  • Fabiano Barreto Romanel Universidade Tecnológica Federal do Paraná
  • André Nagalli Universidade Tecnológica Federal do Paraná

Palavras-chave:

Resíduos da Construção Civil; Transporte; Quantitativo

Resumo

Considerando os impactos ambientais potenciais, a atividade de transporte de resíduos sólidos  demanda controle e rastreabilidade efetivos. Uma das formas de possibilitar este controle é a utilização de documentos que registrem características associadas ao transporte. A plataforma MTR-SINIR, de uso obrigatório desde o início de 2021, requer que seus usuários tenham conhecimento de características dos resíduos gerados, tais como a densidade aparente. O objetivo deste trabalho foi investigar a percepção de fornecedores da área de transporte de resíduos sólidos quanto à densidade aparente de resíduos da construção civil. Por meio de entrevista semiestruturada foram levantados dados sobre a densidade aparente de dez tipos de resíduos da construção civil e comparados à literatura. Os resultados da investigação mostraram que a percepção dos funcionários das empresas transportadoras quanto à densidade aparente dos resíduos diverge, no geral, dos valores identificados na literatura. Conclui-se que o setor carece de padronização e controle na quantificação de resíduos, que só será possível por meio de capacitação de funcionários do setor, intensificação e implantação de sistemas de pesagem, consolidação de informações técnico-científicas e melhoria do processo de gestão dos resíduos gerados.

Downloads

Publicado

12-07-2023