INLUENCIA DOS CICLOS DE REPROCESSAMENTO POR INJEÇÃO NAS CARACTERÍSITCAS FÍSICAS DE RESÍDUOS PROVENIENTES DE SACOLAS OXIBIODEGRADÁVEIS E CONVECIONAIS

Autores

  • Gabriel Sehnem Heck Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS
  • Ruth Marlene Campomanes Santana Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS

Palavras-chave:

Reciclagem; Pró-degradante; Injeção.

Resumo

As sacolas plásticas, constituídas tipicamente de polietileno de alta densidade (PEAD), são itens ainda muito utilizados no cotidiano, infelizmente apresentam um curto período de vida útil e acabam gerando grandes quantidades de resíduos. O cenário piora quando não há a coleta e destinação adequada destes resíduos. Os aditivos pró-degradantes compostos por sais de metais de transição surgem como uma alternativa diminuir o impacto causado pelo descarte inadequado de sacolas plásticas. Porém, o uso destes aditivos facilita a degradação do polímero, o que pode ser um fator negativo para a cadeia de reciclagem. O presente estudo avaliou a influência de aditivos pró-degradantes no processo de reciclagem de sacolas por injeção, comparando as características ópticas e mecânicas das amostras produzidas. Percebeu-se um escurecimento de ambas as amostras, porém as amostras derivadas das sacolas que contém o aditivo apresentaram perda de brilho e um leve amarelamento, indicando a possível iniciação da degradação. Evidenciou-se comportamentos típicos da reciclagem de PEAD, como o aumento da resistência ao impacto e a tração devido a reticulação da matriz polimérica. Por fim, não foi possível observar efeitos negativos da presença de aditivos pró-degradantes nas características mecânicas e no processo de reciclagem de PEAD por injeção.

Downloads

Publicado

07-08-2021